terça-feira, 16 de julho de 2013

A crise moral

O que todos estão exaustos de saber é que temos políticos imorais, assim como policiais, empresários, advogados, juízes, entre outros. Porém o que todo mundo esquece é que também temos eleitores imorais, bem como, médicos, professores, comerciantes, enfim, muitos cidadãos trabalhadores imorais.

A questão aqui não é generalizar um e nem outro, a questão é alertar que todos nós podemos ser ou não ser indivíduos imorais. Já no senso comum, a questão da imoralidade tende a recair somente sobre aqueles que exercem alguma autoridade ou grande responsabilidade, o que não é justo, pois qualquer pessoa pode ser imoral independente do posto que ocupar.

Com efeito, a sociedade por inteira sofre de uma crise moral de grande proporção. Basta notar que poucas são as pessoas que sabem o significado disto, moral.

Uma ótima definição de moral é aquilo que fazemos sem que ninguém nos veja. Logo, moral é uma espécie de conjunto de regras de conduta governadas unicamente pelo espírito humano.

O que você faria com o grande poder da invisibilidade? A propósito, essa abrangência sequer se faz necessária. Sejam quais forem as dimensões do poder ele sempre exporá o verdadeiro caráter dos indivíduos.

Diante de tudo isso, é perceptível o quão holística é a moralidade. É ela quem está por detrás de tudo. Recorda-se dos exemplos supracitados? É a falta dela ou a sua má utilização, isto é, a imoralidade de um indivíduo que faz dele um mau homem, ou uma má mulher, um bom ou péssimo médico, no que tange a sua ética.

E neste escorrimento sobre moral, por conseguinte, falamos em ética. Segundo a minha interpretação, ela é justamente a prima da moral, aplicada em ambientes profissionais, tais como os já citados, ou seja, no exercício de todas as ciências.

Minhas considerações finais: antes de exigir moral e ética de alguém nós temos que ser indivíduos morais e éticos exatamente por isso já ser um dever moral. Nós temos de entender que ninguém está isento, inclusive nós mesmos, de zelar pelo que for moral. Nós temos de ser extremamente disciplinados para com a moralidade, protegendo-a custe o que custar, pois do contrário nossa moral falhará.

Para se melhorar o mundo em que vivemos precisamos começar corrigindo o déficit moral dele. É nisto que devemos concentrar nossos esforços.

Nenhum comentário:

Postar um comentário